2012 | Exposições : Comida em construção

Texto : Leandro Ricardo

Erguemos quatro paredes sólidas como na música de Chico
Alicerce de tubérculos  e rizomas
Repasto matinal ou vespertino?
Nos fincam os pés para que a câmera não trema e nem hesite
Capturar imagens é como capturar insetos
Deixá-los quietos por alguns segundos
Mas na feira todos se oferecem…
Tomates com seu vermelho “me levem”, e mais tarde molho encarnado como sangue vivo
Ampara o então solitário espaguete, só que de nobre cobre
Peixes que de tão frescos ainda chegam com todo encanto de Iemanjá
Que em tradução literal quer dizer “Mãe cujo os filhos são peixes”
Quantos sapos engolimos, mais que tal uma sopa de pregos?
Quantas cabeças se perdem pela estrada, mas felizes / embriagadas
O quanto de belo nesse ofício … O quanto de árduo…
O pensamento elabora tanto e o improviso chega!
Nos  arrebatando com sua fugaz aparição
De feijão com arroz

SERVIÇO
“Comida em Construção” | Rafael Medeiros e Leandro Ricardo
Fuji Temakeria
Av. Getúlio Vargas, 373, Bairro Novo, Olinda
18 a 22 de setembro
18 às 23h

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s